• Home
  • Notícias
  • Negócios
  • Arezzo anuncia compra da marca Carol Bassi

Arezzo anuncia compra da marca Carol Bassi

By Marta De Divitiis

30 de nov. de 2021

Negócios

Por meio de anúncio aos acionistas e ao mercado, o Grupo Arezzo anunciou nesta terça-feira, dia 30, a aquisição da marca de luxo Carol Bassi, por 180 milhões de reais. A marca de moda feminina conta com uma loja no Shopping Cidade Jardim, na capital paulista.

O acordo prevê ainda duas parcelas adicionais de até 20 milhões de reais cada, caso a marca atinja determinadas métricas de desempenho nos exercícios de 2022 a 2025. "A sócia Anna Carolina e o administrador da Carol Bassi, Caio Campos, deverão permanecer vinculados contratualmente à Carol Bassi no mínimo até o exercício social de 2025. Estima-se que a Carol Bassi tem o potencial de entregar uma receita bruta de 110 milhões de reais e um EBITDA - lucros antes dos juros, impostos, depreciação e amortização - de 32 milhões de reais no exercício social de 2022,”diz o informe.

Segundo a Arezzo, a operação faz parte da estratégia de ampliação no segmento de moda e varejo, com diversificação de produtos e marcas. “Carol Bassi permite que a Arezzo entre no setor de vestuário feminino fortalecendo sua presença de moda premium'', divulga o anúncio.

Faturamento mensal de 3,5 milhões de reais

Atualmente a marca feminina Carol Bassi conta com um faturamento de 3,5 milhões de reais, com forte presença digital. Fundada em 2014, logo se tornou querida nas comunidades digitais com um público de alta renda. A Arezzo pretende abrir entre 15 e 20 lojas nos próximos meses, além da criação de um e-commerce.

Segundo Rony Meisler (CEO da AR&Co) disse à revista Exame, a empresária e a influenciadora se confundem, “já não se sabe onde começa a influenciadora e termina a marca, onde começa a loja e termina a marca.” De acordo com ele, a perspicácia digital da empresária traz o retorno das clientes. Para Carol a entrada no Grupo é motivo de entusiasmo, pois o acordo trará a estrutura para a aceleração do crescimento. “Estou feliz com o que vamos criar a partir daqui,” disse à revista.

Vale lembrar que o Grupo Arezzo em junho comprou a BAW Clothing, de moda jovem, em julho firmou parceria com o Mercado Livre para a comercialização dos calçados My Shoes, sendo que em 2020 comprou a Reserva e adquiriu 75 por cento do Brechó Online Troc, tendo lançado o marketplace ZZMall.

Foto: cortesia Arezzo