• Home
  • Notícias
  • Negócios
  • Black Tie reverte decisão de falência

Black Tie reverte decisão de falência

By Marta De Divitiis

7 de out. de 2021

Negócios

Kate Hiznitsova/Unsplash

Especializada em aluguel de roupas de festa, a Black Tie, conseguiu reverter o decreto de falência e a aprovação de plano de recuperação judicial. A empresa, que pertence à Tux, de acordo com artigo no jornal O Estado de S. Paulo, teve sua falência decretada por conta da rejeição do plano de recuperação judicial pela Caixa Econômica Federal, em assembléia geral dos credores, em fevereiro último.

Julgado pela 1ª Câmara Reservada de Direito Empresarial do Tribunal de Justiça de São Paulo, o recurso foi reconhecido por unanimidade, flexibilizando as regras e citando que a “manutenção da empresa recuperável deve se sobrepor aos interesses de um credor divergente”. Além disso, a Caixa não apresentou justificativa para rejeitar o plano de recuperação da empresa, diz a nota no jornal.

O pedido de recuperação judicial data de julho de 2019, antes da pandemia. Estudo do Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, realizado no fim de 2020, concluiu que a crise deflagrada pela pandemia atingiu 98 por cento do segmento de aluguel de roupas de festa.

A Black Tie, fundada em 1978, recentemente criou a Black Tie Alfaiataria, de trajes prontos e sob medida, exclusivo para homens. Em abril de 2021 ganhou o prêmio Casamento Awards, promovido pelo site homônimo.