• Home
  • Notícias
  • Negócios
  • C&A anuncia resultados do 3T

C&A anuncia resultados do 3T

By Marta De Divitiis

18 de nov. de 2020

Negócios

No último dia 12 em teleconferência aos acionistas Paulo Correa, CEO da companhia, divulgou os resultados do terceiro trimestre do ano. O executivo começou falando que o período significou uma retomada simbólica de toda a crise pandêmica.

A receita líquida do período foi de 1,06 bilhão de reais, 14 por cento a menos que o mesmo período de 2019. Houve, de julho a setembro, um prejuízo líquido de 28,2 milhões de reais (no segundo trimestre esse prejuízo foi de 192 milhões de reais).

As vendas totais em julho de 2020 ficaram 31 por cento abaixo do mesmo período de 2019 e em setembro deste ano elas já estavam 3,7 percentuais acima no comparativo com o ano anterior.

Mesmo com a reabertura das lojas físicas as vendas online apresentaram uma aceleração de 444 por cento em relação ao mesmo período do ano de 2019 representando 173,7 milhões de reais. “À medida que nossas clientes vão se digitalizando e percebem a conveniência da compra online elas se acostumam com o canal e passam a utilizá-lo com mais frequência, tanto no site como no aplicativo tornando a jornada mais integrada, no físico e digital,”explicou Correa.

Com a reabertura das lojas o patamar de custos e despesas foi se normalizando, mas mesmo assim houve uma redução das despesas operacionais em 5 por cento. Os investimentos foram de 44,4 milhões de reais contra 75,9 milhões de reais no comparativo com o ano anterior, representando uma diminuição de 41,5 percentuais.

O lucro bruto total deste trimestre foi de 455 milhões de reais contra 587,9 milhões de reais do ano anterior, representando uma queda de 22,6 percentuais. No acumulado dos nove meses o lucro bruto foi de 1,74 bilhão de reais, 37,1 por cento menor que no acumulado de 2019, que contabilizou 1.709,4 bilhão de reais.

Durante esse trimestre foi inaugurada uma loja em São Luís, Maranhão, somando no acumulado de nove meses, 4 novas lojas. Estão previstas abertura de mais 6 unidades esse ano, contrariando o planejamento original de abertura de 22 novas lojas em 2020.

Fundada em 1841 pelos irmãos Clemens e August (suas iniciais deram origem ao nome) a empresa foi pioneira na confecção de peças prontas para usar. Hoje é uma das maiores cadeias de varejo no mundo. No Brasil desde 1976 conta com 289 lojas em operação (até setembro de 2020) no país.

Foto: cortesia C&A