• Home
  • Notícias
  • Negócios
  • Empresas calçadistas irão captar 2 milhões de dólares exportando para a Rússia

Empresas calçadistas irão captar 2 milhões de dólares exportando para a Rússia

By Marta De Divitiis

5 de ago. de 2021

Negócios

Alexandra Gorn/Unsplash

Em rodadas de negócios virtuais com compradores da Rússia (os encontros foram dias 21 de junho e 2 de julho) as empresas calçadistas brasileiras irão ganhar aproximadamente 2,2 milhões de dólares entre negócios efetivados e outros alinhavados durante o evento. A negociação virtual foi promovida pelo Brazilian Footwear (programa de apoio às exportações de calçados), mantido pela Abicalçados - Associação Brasileira das Indústrias de Calçados, em parceria com a Apex-Brasil - Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos.

“Para se ter uma ideia da importância do evento, foram vendidos, durante as rodadas, 15 por cento do total exportado para a Rússia em todo o primeiro semestre”, comemora Ruisa Scheffel (analista de promoção comercial da Abicalçados), ressaltando que, mesmo com a pandemia tendo afetado muitos dos  participantes russos, o evento possibilitou reuniões assertivas e que efetivaram negócios. No total, foram realizadas 109 reuniões, com 33 empresas brasileiras. Além de reuniões com compradores da Rússia, as rodadas permitiram atingir compradores de outros países, como Ucrânia, Cazaquistão e Bielorussia. 

A Abicalçados teve sua origem na Adical - Associação das Indústrias de Calçados do RS, em 1983, na época com 30 associados. Em 1990 passou a se chamar Abicalçados, passando de entidade regional para nacional. Em 2000 assinou contrato com a Apex-Brasil para a promoção do calçado brasileiro no exterior. Em 2016 se uniu a entidades setoriais lançando o programa Future Footwear. De lá para cá tem atuado ativamente na promoção dos interesses das empresas calçadistas brasileiras.