• Home
  • Notícias
  • Negócios
  • Entidades empresariais comemoram sanção da desoneração da folha de pagamentos

Entidades empresariais comemoram sanção da desoneração da folha de pagamentos

By Marta De Divitiis

3 de jan. de 2022

Negócios

Visual Stories - Micheile/Unsplash

Anunciada em 31 de dezembro, a sanção da desoneração da folha de pagamentos pelo presidente Jair Bolsonaro, foi enaltecida pelas entidades empresariais. De acordo com a sanção, a medida está prorrogada até o fim de 2023. As empresas dos setores beneficiados, entre eles o segmento têxtil e coureiro calçadista, podem optar pelo pagamento de alíquotas de 1 a 4,5 por cento sobre suas receitas brutas em detrimento do índice de 20 por cento de suas folhas de pagamentos.

Na avaliação de Fernando Valente Pimentel, presidente da Abit - Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção - “com essa sanção haverá maior segurança jurídica e ambiente mais favorável para que novos investimentos sejam feitos pelas empresas, com consequentes possibilidades de geração de postos formais de trabalho,”disse ele num comunicado à imprensa.

Para Haroldo Ferreira, presidente executivo da Abicalçados - Associação Brasileira das Indústrias de Calçados - “é a melhor notícia do ano! Com a desoneração poderemos seguir na toada da recuperação dos empregos do setor, que em 2021 estão mais de 13 por cento superiores aos registros de 2020, retomada que não existiria caso houvesse mais essa oneração”, diz em release de divulgação.

Já o diretor executivo da Abvtex - Associação Brasileira do Varejo Têxtil - Edmundo Lima acredita que a medida pode gerar impacto positivo na manutenção dos empregos e nos custos de produção. “Para o varejo de vestuário, políticas públicas que estimulem o fortalecimento da cadeia de fornecimento e a geração de empregos é essencial para o seu desenvolvimento,” falou.

Abicalçados
ABIT
ABVTEX
desoneração da folha de pagamentos
Edmundo Lima
Fernando Valente Pimentel
Haroldo Ferreira
Indústria calçadista
Industria Textil