Negócios

Marisa divulga oferta de ações

by Marta De Divitiis
28 de nov de 2019

No site da varejista de roupas e acessórios Marisa, em Relação com Investidores, foi divulgada dia 26 de novembro a oferta pública primária de ações aprovada pelo Conselho de Administração. De acordo com o anúncio a oferta inicial será de 46,8 milhões de ações, podendo haver lotes suplementares de 20 por cento do lote principal e um outro lote adicional de 5,2 milhões de papéis.

O valor definitivo das ações só será divulgado após o processo de bookbuilding, embora se cogite o valor de 10,65 reais, cotação de fechamento na Bolsa de Valores de São Paulo (B2) no dia 25 de novembro. Os bancos que participam do processo são o Itaú BBA; Bradesco BBi; Bank of América Merril Lynch; Banco Múltiplo S.A. e BB Banco de Investimento. A arrecadação resultante, segundo a empresa, será utilizada para amortização e ou liquidação de dívidas e reforço do capital de giro.

Recentemente foi anunciada a parceria entre a Marisa e o Magazine Luiza (Magalu), num projeto "store in store", em que a Magalu passará a comercializar em 300 lojas da Marisa telefones celulares. Além disso há a possibilidade de clientes retiraram os celulares comprados virtualmente nas lojas físicas Marisa. A parceria tem por fim, de acordo com a nota de divulgação da varejista de moda, melhorar o fluxo de clientes por meio de ampliação do mix de produtos.

A Marisa foi fundada em 1948 em São Paulo por Bernardo Goldfarb inicialmente como loja de bolsas, passando a seguir a vender roupas femininas. Em 1952 iniciou sua expansão ampliando a rede de lojas por outros estados. Hoje conta também com e-commerce e oferta de crédito via Cartão Marisa, sendo que consumidores da classe C são o público alvo da empresa.

Foto: Cortesia da Marisa