• Home
  • Notícias
  • Negócios
  • Mercado de Moda vive onda de negociações

Negócios

Mercado de Moda vive onda de negociações

By Marta De Divitiis

22 de abr. de 2021

Enquanto a Lojas Renner colocou ações em oferta que poderão render até 6,5 bilhões de reais, a Lojas Americanas anunciou em fato relevante terça-feira à noite, que comprou o grupo Uni.co, que detém as marcas de moda e decoração Puket, Mind, Lovebrands e Imaginarium. Ao mesmo tempo, fontes da área de economia e negócios confirmam que o Grupo Soma, dono da Animale, Farm e NV entre outras marcas de luxo, está negociando a compra da Shoulder, de moda feminina. Completando as notícias, a semana passada a Hering recusou oferta da Arezzo & Co, com a consequente elevação do valor das ações de ambas as empresas.

O jornal Estado de S. Paulo apurou que a Renner tem como alvo a compra da Dafiti, que tem o valor estimado de 10 bilhões de reais. Avaliada em 36 bilhões de reais na B3 a Renner, caso concretize a aquisição, será alçada entre as maiores empresas de varejo online. Segundo a matéria no Estadão, fontes do mercado chegaram a cogitar a intenção de compra da C&A ou da Marisa, mas além de problemas com órgãos como o Cade - Conselho Administrativo de Defesa Econômica - a varejista holandesa ou a brasileira não trariam a diversificação que a Renner está buscando e que a Dafiti tem.

A Dafiti, maior e-commerce de moda de lifestyle da América Latina, com filiais na Argentina, Chile e Colômbia, tem valor estimado em 10 bilhões de reais. Conta com mais de mil marcas e 110 mil produtos em roupas, sapatos, acessórios, beleza, cama/mesa/banho e decoração.

Vale lembrar que apesar das lojas fechadas por conta da pandemia de coronavírus, que sinalizam uma situação de crise no setor de varejo, as empresas e grupos que contam com melhor situação financeira e musculatura digital têm maiores oportunidades de ganhar mais corpo, como é o caso da Arezzo & Co e do Grupo Soma, sem deixar de lado a Magalu, que em 2019 arrematou a Netshoes tornando-se um dos maiores marketplaces brasileiros.

Foto: Chronis Yan/Unsplash