Puma apresenta crescimento em balanço de 2018 e traça meta para 2019

business

Puma apresenta crescimento em balanço de 2018 e traça meta para 2019

business newsFebruary 21, 2019by Gislene Trindade

Puma comemorou mais uma vez um crescimento de dois dígitos em todas as regiões do mundo onde opera. De acordo com balanço da empresa, as vendas tiveram aumento de 17,6 por cento, excluindo os efeitos do câmbio (+12,4 por cento reportado), para 4,648 bilhões de euros. Resultado superior ao ano fiscal de 2017, encerrado com aumento de 15,9 por cento.

O principal mercado do grupo alemão em 2018 foi a região Ásia-Pacífico, que registrou aumento de 28,8 por cento, para 1,235 bilhão de euros. Outro destaque ficou por conta das Américas, que entre norte e sul elevaram o volume de negócios em 16.9 por cento, para 1,612 milhões de euros.

Já na região que compreende Europa, Oriente Médio e norte da África, as vendas ultrapassaram 1,4 bilhão de euros, representando um aumento de 9,4 por cento, também em relação ao mesmo período de 2017.

No que diz respeito a produtos, os calçados continuam sendo a principal categoria do grupo, com aumento de 16,6 por cento, para 2,185 bilhões de euros, cruzando pela primeira vez a marca de dois bilhões de euros. As vendas de vestuário, por sua vez, aumentaram 22,2 por cento, para 1,687 bilhão de euros, enquanto que as de acessórios geraram 776 milhões de euros, crescimento de 11 por cento.

Para o CEO da empresa, Bjorn Gulden, o progresso do grupo deve continuar em 2019. “Esperamos que as nossas vendas ajustadas ao câmbio aumentem em torno de 10 por cento e que nosso resultado operacional cresça entre 395 milhões euros e 415 milhões de euros”, projetou Gulden em comunicado.

Foto: Divulgação Puma