• Home
  • Notícias
  • Negócios
  • Resultados das exportações de couro no fim de 2020 indicam perspectivas mais otimistas

Resultados das exportações de couro no fim de 2020 indicam perspectivas mais otimistas

By Marta De Divitiis

13 de jan. de 2021

Negócios

O CICB - Centro das Indústrias de Curtumes Brasileiros - anunciou dia 12 de janeiro, por meio do canal da entidade no Youtube o resultado das exportações brasileiras de couro durante o mês de dezembro de 2020, assim como os resultados do ano todo de 2020.

Segundo Rogério Cunha, da Inteligência Comercial da entidade, o ano de 2021 se inicia com boas perspectivas. “Estamos muito motivados para o trabalho nesse novo ano; a dedicação integral, intensa e extraordinária de todos em 2020 nos deu mais força e confiança para os desafios deste ano, “ iniciou o executivo.

As exportações de couros e peles apresentados pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia referentes a dezembro de 2020 registraram 103,3 milhões de dólares, 25,1 por cento a mais que o mesmo período do ano anterior, quando foram exportados 82,6 milhões de dólares e também 1,3 por cento acima de novembro de 2020 quando a exportação trouxe 102 milhões de dólares para o país.

No total foram embarcados 16,8 milhões de metros quadrados, 25,4 por cento acima do mesmo período em 2019, porém 3,6 por cento abaixo do mês de novembro de 2020, que exportou 17,4 milhões de metros quadrados.

Cunha declarou que o ano de 2020 encerrou com um total de 976 milhões de dólares, 15,9 por cento abaixo do ano de 2019 e 6,6 percentuais abaixo em área comercializada, contabilizando 171,5 milhões de metros quadrados.

O crescimento de novembro (com mais 21,8 percentuais acima do mesmo período de 2019) e dezembro (25,1 por cento a mais que dezembro do ano anterior), de acordo com o executivo, mostram que "o cenário está mais firme e indica um 2021 com possibilidades mais otimistas”, encerrou Cunha.

Foto: cortesia CICB