• Home
  • Notícias
  • Negócios
  • Schutz anuncia venda de roupas a partir de março de 2022

Schutz anuncia venda de roupas a partir de março de 2022

By Marta De Divitiis

16 de ago. de 2021

Negócios

Cortesia Schutz

Durante a divulgação dos resultados do segundo trimestre da Arezzo&Co (dia 12 de agosto), Alexandre Birman, CEO da companhia, anunciou que está previsto para março de 2022 a venda de coleções de vestuário. Até agora a empresa produz e comercializa apenas calçados e bolsas.

Enquanto a distribuição será realizada pela Arezzo&Co, a Schutz está se estruturando para a produção e desenvolvimento das peças. Contratou como diretora de lifestyle Cacá Garcia, que trabalhou como diretora criativa da Cris Barros, da Pelu e foi assistente de estilo na Raya de Goeye, segundo perfil no LinkedIn. Além disso a empresa montou uma equipe com expertise em vestuário e irá desenvolver um ateliê independente na Vila Olímpia, na capital paulista. Uma consultoria especializada irá estruturar um novo site para a marca.

Na mensagem de abertura Birman falou que todas as marcas do grupo tiveram uma recuperação de vendas após a abertura das lojas físicas sendo que cresceram 18 por cento em julho e 28 por cento até o momento de agosto, comparado com o ano passado. Em relação a 2019 o e-commerce cresceu 254 percentuais e as receitas das lojas físicas, impulsionadas pelas ferramentas digitais somaram 47 por cento.

O grupo Arezzo teve início em 1972 com a Arezzo e hoje conta com a Arezzo, Schutz, Anacapri, Birman, Fiever, Alme, Vans (faz a gestão no Brasil), Reserva, Baw, Troc e My Shoes.