• Home
  • Notícias
  • Negócios
  • Startup de moda Repassa recebe aporte de 7,5 milhões de reais

Negócios

Startup de moda Repassa recebe aporte de 7,5 milhões de reais

By Marta De Divitiis

8 de out. de 2020

O brechó Repassa, criado pelo empresário Tadeu Almeida em 2015, acabou de receber um aporte de 7,5 milhões de reais. A empresa, sediada na Barra Funda, em São Paulo, conta com 100 funcionários e trabalha com peças de segunda mão, que passam por uma criteriosa curadoria antes de ser comercializadas.

Em 2019, o Repassa recebeu 31 mil pedidos e a expectativa é no mínimo dobrar esse volume até o final deste ano. Até dezembro de 2020 aproximadamente 850 mil reais devem ser destinados às ONGs parceiras do brechó, por meio do repasse de créditos de roupas vendidas por clientes da plataforma (chamado de Repasse Solidário, o vendedor das peças seleciona a ONG e a porcentagem de sua venda a ser repassada.)

Almeida concedeu entrevista ao FashionUnited, reproduzida abaixo.

FashionUnited: quando a empresa recebeu o aporte e para que ele será utilizado?

O Repassa acabou de fechar uma rodada de investimento de 7,5 milhões de reais liderada pela Redpoint Eventures, nosso principal investidor e parceiro. A Redpoint fez o primeiro investimento no Repassa no final de 2018 e liderou novamente essa rodada no início de 2020, que contou com a Bossa Nova Investimentos que está com a gente há muitos anos, participando de diversas rodadas de investimentos, além de outros investidores (tanto pessoas físicas quanto investidores institucionais).

Essa rodada foi feita, principalmente, para investir na estrutura operacional da nova sede, para que a gente possa ter capacidade de crescimento para cerca de dez vezes mais o volume que tínhamos no começo no ano. Estamos investindo também na nossa tecnologia, reescrevendo todo o código da plataforma proprietária, sempre com foco em entregar uma experiência melhor para o nosso cliente, de usabilidade, performance e velocidade do site. Por fim, a ampliação e criação da área de parcerias estratégicas para conseguir trazer pro varejo de moda uma solução de economia circular e, para o público das varejistas parceiras, uma experiência de impacto social, ambiental e de consumo consciente sem igual.

Como é a logística de entrega da empresa?

O Repassa (escritório e acervo) fica localizado na Barra Funda, em São Paulo, em um galpão de 3.200m², com capacidade para 500 funcionários.

Para o vendedor, o Repassa criou a Sacola do Bem, uma embalagem de plástico reciclado e reciclável, para envio das roupas usadas, que saem da casa de seus ex-donos até a sede. A sacola pode ser solicitada pelo site da companhia pelo valor 24,99 reais. Ela mede 70 cm x 50 cm (60 litros, em média), podendo armazenar aproximadamente 35 produtos para adultos. Para algumas regiões da cidade de São Paulo, é possível solicitar a coleta da sacola em casa sem a necessidade de ir aos correios despachar.

Quando as roupas chegam no brechó, passam por um rigoroso processo de curadoria. Não são aceitas peças com rasgos, furos, marcas de uso, esgarçadas, desgastadas, com odor, manchas, sujas ou com pelos de animais, bolinhas de tecido, peças com partes faltando, réplicas de marcas conhecidas e casacos/acessórios de pele de animais. Uma vez aprovado, o item é cadastrado, higienizado/ passado, fotografado e armazenado até o momento da venda.

O preço final da peça é sugerido pelo Repassa, e passa pela aprovação do vendedor antes da publicação na plataforma. Depois da venda, o ex-dono da roupa fica com 60 por cento do valor.

A entrega é feita para todo o Brasil e todas as compras possuem devolução gratuita, caso o cliente não goste de alguma peça que comprou. Na cidade de São Paulo, o Repassa trabalha com a logística de entrega feita via bicicleta para reduzir ainda mais as emissões de CO². Nossos clientes contam também com frete grátis nas compras acima de uma certa quantidade de peças, que varia por região. O próprio site notifica, na etapa de pagamento, quantas peças faltam para que a compra seja contemplada com este benefício.

Quanto, desde a sua criação, o Repassa economizou em termos de energia e emissões de CO2?

Gostaria de reforçar que o Repassa foi criado com o objetivo de gerar impacto ambiental e social positivos ao aumentar o ciclo de vida das roupas, uma vez que a moda é a segunda indústria mais poluente do mundo, e ao vender uma peça usada, dilui-se 82 por cento desse impacto.

Desde a sua fundação, por meio da ampliação do ciclo de vida da roupas, o brechó já gerou economia de mais de 553 milhões de litros de água e 13 milhões de Kwh de energia elétrica, além de evitar que 2,4 toneladas de CO² fossem emitidas na atmosfera.

Fotos: cortesia Repassa