• Home
  • Notícias
  • Feiras
  • Couromoda fecha com expectativas positivas confirmadas

Feiras

Couromoda fecha com expectativas positivas confirmadas

By Marta De Divitiis

17 de jan. de 2020

A 47a edição da Couromoda - feira de calçados e artigos de couro -encerrou dia 15, quarta-feira, com um clima geral de otimismo no setor calçadista. A 10a edição da São Paulo Prêt-à-Porter - feira internacional de negócios para a indústria de moda, confecção e acessórios, destinada às indústrias de pequenos e médio porte aconteceu no mesmo período e local - Expo Center Norte, em São Paulo, integrada à Couromoda.

Em novo formato - agora são três dias ao invés dos quatro anteriores, houve um aumento de 12 por cento de visitantes em relação à edição de 2019, segundo dados divulgados pela assessoria de imprensa. Foram mais de 2000 coleções de calçados e acessórios com foco no outono-inverno e alguns produtos de primavera-verão, estes em pronta-entrega.

Ainda de acordo com o comunicado de imprensa, compradores de 45 países, da América Latina, EUA, Europa e Oriente Médio estiveram presentes. Segundo o balanço divulgado pela Abicalçados - Associação Brasileira da Indústria de Calçados - no evento, o comportamento das exportações foi determinante para que 2019 se mantivesse em crescimento. No ano passado, foram embarcados ao exterior cerca de 114 milhões de pares por 967 milhões de dólares, um aumento de 0,9 por cento em volume, no comparativo com 2018. Um crescimento puxado especialmente em função do aumento dos embarques para os EUA, resultado direto da guerra comercial instalada entre o país norte-americano e a China.

Expositores satisfeitos

Gabriela Hoss, gerente de Marketing da Capodarte e Dumond, ambas do Grupo Paquetá, se mostrou bastante satisfeita com a aceitação dos clientes e visitação do estande, que se encontrava lotado no primeiro dia de feira.

Laura Gertz, da equipe de marketing da Alme (faz parte do Grupo Arezzo), linha de calçados ecológicos com conforto e design, garantiu que a coleção foi muito bem aceita pelos lojistas.

Silvia Barboza, diretora da La Femme, de calçados femininos de Birigui especializados em calçados baixos e com pedrarias, ressaltou que a feira foi boa, especialmente no primeiro dia, com grande visitação e boa abertura de novos clientes. “O resultado da feira ficou dentro de nossas expectativas, mas sempre esperamos supera-las,” disse ao FashionUnited.

Michele Sorares, da Supy, de meias premium, participando do Pre-à-Porter pela segunda vez, disse que as vendas já no segundo dia de feira igualaram as de toda a feira de 2019. “Captamos aproximadamente 30 por cento de novos clientes, nossos produtos fizeram muito sucesso,”disse ela.

A diretora industrial da Qtal Lingerie, pela primeira vez no Pret-à-Porter recebeu a visita de muitos interessados segundo ela, que conta com lojas próprias e consignados.

Visitantes ressaltam a necessidade de participação

Maria Lúcia de Araújo Gomes, da Dondoca Calçados do Rio de Janeiro gosta da feira, embora tenha sentido falta de alguns expositores. “As pessoas devem visitar porque dá para observar tudo o que o mercado está fazendo, o que é muito importante para nós lojistas,”disse ao Fashion United.

Claudia Gomes, da In Shoes Calçados, de Mogi das Cruzes, SP, comprou 30 por cento mais calçados que o ano passado. “Acredito que 2019 foi melhor que o anterior, especialmente no segundo semestre; em função disso comprei mais e gosto de vir porque normalmente ganhamos uma série de vantagens como descontos especiais, por exemplo. Dá para fazer uma boa pesquisa de mercado aqui,”concluiu.

A próxima edição da Couromoda/São Paulo Prêt-à-Porter está marcada para 11, 12 e 13 de janeiro de 2021 no Expo Center Norte.

Fotos: Newton Santos; Fabio Mendes /E6 IMagens (calçados masculinos)