• Home
  • Notícias
  • Feiras
  • Expo Óptica 2022 gera negócios e destaca tendências de moda

Expo Óptica 2022 gera negócios e destaca tendências de moda

By Marta De Divitiis

11 de mai. de 2022

Feiras

Após um hiato de dois anos por conta do isolamento causado pela pandemia de Covid-19, a Expo Óptica 2022 terminou dia 7 de maio, com lançamentos de tecnologia e moda, no Pavilhão Azul do Expo Center Norte em São Paulo. A feira é coordenada pela Abióptica - Associação Brasileira das Indústrias Ópticas e abrange tanto tecnologia, como saúde, moda e comportamento.

Nesta edição houve 16 mil visitas, 30 por cento a mais que na edição de 2019. “Um terço a mais de visitantes retornou ao evento, o que sinaliza o interesse bastante elevado de quem foi conhecer as novidades do setor”, avalia Ambra Nobre Sinkoc, diretora Executiva da Abióptica, no release de divulgação. Segundo a entidade, a geração de negócios este ano, ainda a se confirmar, pode ser superior a 750 milhões de reais, contra os 500 milhões gerados em 2019.

A edição de 2023 será oficialmente lançada em julho de 2022. A associação espera que a partir do seu anúncio mais empresas venham integrar a entidade. *“*Esse movimento é natural e vem sempre entre o balanço de sucesso de um evento e o lançamento do seguinte”, explica a executiva. “As empresas entendem a Expo Óptica como evento fundamental para seu suporte de vendas”, diz Ambra.

Armações translúcidas e coloridas

Alguns dos expositores falaram para o FashionUnited a respeito de modelos de armações e lentes. Entre as armações para os itens de receituário figuram as de acetato transparente, tanto incolor como coloridas, além da clássica tartaruga, de acordo com o diretor comercial da Alberto Oculista, João Gomes. A tendência é confirmada pela gerente de produto da H&B, Natália Tosin. “As armações estilo bold (aros robustos), linhas retas tipo as dos anos de 1950, assim como os de aro redondos são vistos tanto nas linhas de receituário, como nos escuros”, diz Natália.

Outra forma das armações, além do modelo aviador, no caso dos escuros, são as formas cat-ele, os retangulares e com detalhes em correntes. As cores metalizadas também surgem, especialmente nos modelos que exigem performance.

Quanto às lentes, Débora Herdy, diretora administrativa da Shinedux, aponta para as fotocromáticas, mas que se adaptam à luz ambiente e protegem dos raios solares UV, assim como da luz emitida por computadores, tablets e smartphones.

Acetato eco-friendly, ecologicamente correto, de acordo com Ramon Rico, gerente nacional da Rodenstock Brasil, é uma tendência que não tem mais volta. O executivo aponta também os modelos de óculos estilo máscara, inclusive para o público feminino.

A Abióptica atua desde 1997 como representante do segmento óptico brasileiro. São mais de 100 empresas associadas que respondem por mais de 95 por cento do mercado das marcas comercializadas no país. Um dos principais objetivos da entidade é promover a união da indústria e varejo, fortalecendo a defesa dos interesses do setor.

Foto: Ivan Almeida/Abióptica