• Home
  • Notícias
  • Moda
  • Goiânia reabre comércio não essencial

Moda

Goiânia reabre comércio não essencial

By Marta De Divitiis

14 de jul. de 2020

Hoje - 14 de julho - a cidade de Goiânia está reabrindo, depois de 115 dias inativo, o comércio não essencial. Entre eles a região da rua 44, de moda atacadista, após desinfecção das ruas e a atenção a uma série de 24 protocolos sanitários previamente discutidos e elaborados.

Durante o período em que esteve fechado representantes da AER 44 - Associação dos Empresários da Região da 44 - e o prefeito da cidade, Iris Rezende realizaram reunião para decidir a respeito da abertura. Havia grande preocupação justamente por ser um polo de economia popular, formado em mais de 90 por cento por micro e pequenos empreendedores, que enfrentam dificuldades (vale lembrar que grande parte dos pequenos empresários não obteve os créditos anunciados pelo governo federal.)

“O alinhamento entre o Governo do Estado, a Prefeitura de Goiânia e o setor produtivo é de extrema valia nesse momento de abertura; entendemos que há necessidade da economia voltar a circular e ao mesmo tempo temos preocupação com a saúde da população,” explicou Jairo Gomes, presidente da AER 44. Segundo o executivo haverá um acompanhamento da situação sanitária na cidade em relação a número de leitos de CTI - Centro de Terapia Intensiva - e de doentes infectados para manter a reabertura com segurança.

“A expectativa é alta após esses quatro meses parados; estamos preparados com medidas sanitárias, estacionamentos fechados para evitar ambulantes em carro-loja e a restrição da vinda de compradores de outros estados, que representam 70 por cento do nosso público consumidor. Esperamos que a região volte assim com toda a segurança e responsabilidade,”complementou Gomes.

Foto: Anderson Costa