• Home
  • Notícias
  • Moda
  • Havaianas desenvolve calçado em co-criação com paratletas brasileiros

Havaianas desenvolve calçado em co-criação com paratletas brasileiros

By Marta De Divitiis

28 de set. de 2021

Moda

Com lançamento previsto para 2022, a Havaianas está desenvolvendo um calçado especial adaptado, co-criado com os paratletas brasileiros, com 7 por cento da renda líquida revertida para o CPB - Comitê Paralímpico Brasileiro.

"A nossa relação com os comitês começou pelo CPB. Fazer esse produto é um desafio e uma honra para nós. Havaianas teve muito orgulho de apoiar os paratletas Brasileiros em Tóquio. Em breve, teremos um produto ainda mais democrático no mercado e isso nos enche de orgulho", afirma Fernanda Romano, CMO - Chief Marketing Officer - de Alpargatas.

Para os jogos, os atletas receberam produtos exclusivos Havaianas, como sandálias, mochilas e street bag, além de espadrilles como opção de calçado fechado para atender as necessidades de todos os atletas. Para os cadeirantes, Havaianas convidou Edênia Garcia, paratleta de natação, para contribuir no desenvolvimento de uma necessaire especial, adaptada para o encaixe na cadeira de rodas.

"Poder cocriar com Havaianas foi algo inovador! Eu acredito que as pessoas com deficiência são chave fundamental no processo de criação de produtos feitos para nós. Me senti incluída nesse processo desde o início! A bolsa ficou funcional e linda!", afirma Edênia Garcia.

Além da co-criação, Edênia e outros três paratletas da natação: Maria Carolina Santiago, Gabriel Geraldo e Rony Cordeiro, que representaram o Brasil nas piscinas de Tóquio, também foram parceiros de conteúdo para as redes sociais.

Mafê Albuquerque, diretora de comunicação global de Havaianas deu uma entrevista exclusiva ao FashionUnited. Confira abaixo.

FashionUnited: a ideia de desenvolver calçados específicos foi de quem? Da Havaianas?

Em 2019, o CPB nos procurou oferecendo a oportunidade de estarmos com eles durante os jogos de 2020. Num primeiro momento, relutamos, pois não somos uma marca de performance. Mas, após refletirmos, vimos que somos a marca que está com os atletas antes e depois das competições. A marca que os acompanha nos momentos de concentração e de lazer. Após aceitarmos a proposta do apoio, começamos a pensar em como potencializar essa parceria para contribuir ainda mais com os paratletas e pessoas com deficiência. Daí, surgiu a ideia de termos um produto especial, co-criado com os atletas, que atendesse as necessidades de quem não consegue usar um calçado aberto, além de uma linha de produtos licenciados, com 7 por cento do lucro líquido revertido para o CPB, que será lançado no início do próximo ano.

A Havaianas está realizando o desenvolvimento dos calçados em parceria com o CPB? Com quais atletas, além da Edênia Garcia?

Contamos com os paratletas desde o início. Antes de iniciar o projeto, fizemos um primeiro workshop que contou com diversos atletas e o time do CPB. Depois dessa primeira etapa, fizemos outros workshops, além de enviar protótipos para que eles testassem. O processo de desenvolvimento ainda não foi concluído e seguimos com um trabalho bem próximo com os atletas até termos o melhor produto.

O que foi levado em conta para desenvolver esse calçado especial?

Durante um desses workshops os atletas e colaboradores do CPB que são cadeirantes comentaram que costumam sempre ter uma necessaire especial que se adapta a cadeira, mas que muitas vezes não é bonita nem tão funcional. Daí também surgiu a ideia de criar e desenvolver essa necessaire adaptada para o encaixe na cadeira de rodas. Colocamos a mão na massa e, com os feedbacks da Edênia, produzimos esse item especialmente para os paratletas cadeirantes. Esse produto não estará à venda.

Levamos em conta as diferentes necessidades de quem não consegue usar um calçado aberto, seja por uma limitação motora ou por uso de prótese. O conforto e a funcionalidades vieram em primeiro lugar, e para isso fizemos testes e ajustes em cada detalhe.

Quais as funcionalidades da bolsa para a cadeira de rodas?

Como falei anteriormente, esse é um produto que não estará à venda, em um primeiro momento. Ele faz parte do kit exclusivo dos paratletas e fizemos para atender uma demanda dos cadeirantes. Ela fica acoplada na cadeira de rodas e serve para que eles levem itens de higiene pessoal, por isso a necessaire é toda impermeável por dentro, além de contar também com puxadores específicos que facilitam na hora de abrir.

Há previsão de, além de calçados e bolsas, uma linha de vestuário adaptada? Se sim, para quando?

Estamos sempre olhando para inclusão e mesmo que ainda não exista uma linha adaptada nosso time de inovação já começou a fazer ajustes na nossa coleção, trazendo ziperes mais fáceis de abrir, puxadores que facilitam a pegada, por exemplo.

Fotos: cortesia Havaianas