• Home
  • Notícias
  • Moda
  • Quatro tendências de moda que vão dominar 2020

Moda

Quatro tendências de moda que vão dominar 2020

By Marjorie van Elven

17 de jan de 2020

O que as lojas de moda mais vão vender em 2020? A Edited, empresa de análise de dados em varejo de moda com escritórios em Nova York e Londres acaba de publicar um relatório revelando as tendências de moda e lifestyle que devem dominar o mercado este ano.

A nostalgia vai passar dos anos 90 para os anos 2000

A nostalgia pelos anos 90 fez sucesso em 2018 e 2019. Agora, com o início de uma nova década, a expectativa é que as marcas de moda continuem explorando o saudosismo, porém trazendo referências dos anos 2000, já que filmes e séries dessa época vão receber remakes em 2020, incluindo Gossip Girl, Legalmente Loira e Lizzie McGuire. A Versace foi a primeira marca de luxo a apontar nessa direção, revivendo o famoso vestido verde usado por Jennifer Lopez na premiação do Grammy de 2000, em sua coleção Primavera/Verão 2020.

Se a nostalgia pelos anos 90 trouxe os scrunchies (também conhecidos como “xuxinhas” de cabelo) e os moletons com logomarcas exageradas, o revival dos anos 2000 irá trazer de volta os sapatos com bico quadrado, as bolsas pequenas e os sapatos estilo boneca (“Mary Jane”). Os tons pastel também devem voltar com tudo, dos quais o lilás se destaca: a Edited já registrou um aumento de 25 por cento de itens lilás chegando às lojas americanas e britânicas para a temporada Outono/Inverno 2019.

Olimpíadas de Tóquio inspirarão referências japonesas

O Japão vai inspirar a moda em 2020, pegando carona nas olimpíadas. Personagens de mangá e a cultura kawaii (“fofo” em japonês) vão aparecer nas coleções, de acordo com a Edited.

Abram alas para a geração de adolescentes ecologicamente corretos

Os adolescentes estão se tornando mais ecologicamente conscientes, inspirados por jovem ativistas como Greta Thunberg, eleita “Pessoa do Ano” em 2019 pela revista americana Time, e celebridades como Billie Eilish -- a cantora se juntou à ONG Reverb para tornar sua turnê “o mais verde possível”. Essa tendência mudará também a forma como eles se relacionam com a moda: marcas sustentáveis como Patagônia e Osklen terão a preferência da Geração Z em 2020, segundo a Edited. Também farão sucesso entre os mais jovens as interpretações “literais” do planeta Terra, como referências à “mãe natureza” e estampas florais e tropicais.

Adeus, terno e gravata: a roupa de trabalho se torna cada vez mais casual

Virgil Abloh já está explorando esta tendência há algum tempo: em sua coleção de Outono/Inverno 2019 para a Louis Vuitton, o estilista criou versões casuais para a dupla terno e gravata. Meses antes, ele lançou uma coleção em parceria com a Mr. Porter intitulada “Escritório Moderno”, inspirada pela nova geração de trabalhadores e seus locais de trabalho. Agora que até mesmo o banco Goldman Sachs relaxou o seu dress code, espere que mais marcas invistam no estilo “smart casual”.

“As passarelas de Primavera/Verão 2020 foram inundadas por alfaitaria larga e desestruturada”, ressaltou a Edited em seu relatório, citando as grifes Dior e Fendi como exemplo. As jaquetas estilo “bomber” devem substituir o blazer, enquanto as camisas pólo vão tirar a vez das camisas tradicionais.

Dior Primavera/Verão 2020

Além disso, as marcas devem lançar roupas de trabalho com elementos esportivos, tais como tecidos com stretch, à prova d’água e que absorvam o suor. Isso porque cada vez mais trabalhadores estão usando a bicicleta como meio de transporte.

Este artigo foi publicado primeiro em inglês na FashionUnited.com. Tradução de Marjorie van Elven

Fotos: Boohoo Facebook, Forever21 Facebook, Versace SS20 via CatwalkPictures, Asos Facebook, H&M Facebook, Everlane Facebook, YNAP newsroom, Dior Homme SS20 via CatwalkPictures