Moda

Rihanna estaria negociando com LVMH para lançar grife de luxo com seu nome

Parece que Rihanna quer ir ainda mais longe no mundo da moda. A diva do pop estaria tendo “reuniões secretas” com a LVMH, empresa francesa que detém diversas marcas de luxo, como Louis Vuitton, Givenchy e Dior, para lançar uma grife com seu nome. É o que diz a publicação americana WWD, citando “diversas fontes” próximas à negociação. Caso os rumores sejam verdade, a grife de Rihanna será a primeira marca a ser lançada do zero pela LVMH em mais de 30 anos -- a última foi Christian Lacroix, fundada em 1987.

LVMH estaria prestes a apostar no toque de midas de Rihanna

Rihanna, que começou sua carreira musical em 2005, está se transformando num nome de peso na indústria fashion. Desde 2014 ela detém o posto de Diretora Criativa da Puma, supervisionando o setor de roupas femininas. A parceria também gerou uma marca à parte, a Fenty Puma by Rihanna, que foi sucesso instantâneo: o primeiro tênis, lançado em 2015, esgotou em menos de 35 minutos.

Em 2017, a cantora lançou uma marca de maquiagem, a Fenty Beauty, que chamou atenção pela variedade de cores de base. Foi mais um sucesso: a empresa bateu a marca de 100 milhões de dólares em vendas em poucos meses. Mas Rihanna não parou por aí, lançando uma marca de lingerie chamada Savage x Fenty no ano passado. Mais uma vez, as coleções são marcadas pela inclusão: com modelos de várias etnias e tamanhos tanto nas campanhas quanto nas passarelas, a marca gerou tanto burburinho que internautas chegaram a esperar até uma hora numa “fila virtual” só para ter acesso ao e-commerce no dia de sua estreia.

De acordo com o instituto de pesquisa de mercado NPD Group, a probabilidade dos fãs da Rihanna comprarem os produtos lançados pela estrela é 3,7 vezes maior do que os fãs de qualquer outra celebridade. A cantora supera até mesmo pesos pesados como Kylie Jenner e Kim Kardashian.

De acordo com a WWD, a grife de Rihanna a ser lançada pela LVMH oferecerá roupas, acessórios e artigos de couro. A parceria, caso se concretize, marcará mais um passo da LVMH para fora de sua zona de conforto: em dezembro, a empresa investiu mais de 3 bilhões de dólares no grupo hoteleiro Belmond, dono do Copacabana Palace.

Por que tudo que Rihanna lança vende tão bem?

O que Rihanna tem que outras celebridades não têm? A FashionUnited perguntou à especialista em estratégia de marca Joanne Yulan Jong, fundadora da agência londrina Yulan Creative. Para ela, o principal forte de Rihanna é o “storytelling”, a arte de construir a história de sua marca. “Todas as marcas fashion estão sofrendo para manter sua posição de mercado hoje em dia. Existem tantas opções que a única forma de fidelizar o consumidor é apresentando uma história envolvente e convincente. Você pode até ter um produto de qualidade, mas o que vende é mesmo a história que você conta”. E isso Rihanna sabe fazer: “ela é uma mulher negra, forte e empoderada. Mas, apesar de tudo isso, ainda é acessível, brincalhona, gente como a gente. O glamour da Rihanna não é distante e inatingível como o de Beyoncé. Quando a celebridade é poderosa demais, como é o caso da Beyoncé, ela se torna um ícone, alguém que as pessoas botam num pedestal. Não é mais uma pessoa com quem você sente que poderia ser amiga se tivesse a chance de conhecê-la".

A acessibilidade é um fator tão importante na identidade de marca de Rihanna que os produtos lançados por ela não propõem às consumidoras apenas seguir o estilo da cantora. Pelo contrário: a estratégia de negócio é oferecer opções que sirvam para todo mundo, encorajando as mulheres a ser a melhor versão de si mesmas. A Savage x Fenty, por exemplo, tem calcinhas desde o tamanho PP até o GGG. Já a Fenty Beauty oferece 40 tons de base. "Em um mercado onde mulheres negras e gordas têm dificuldade de achar produtos para elas, a Rihanna desponta como uma defensora, uma amiga, uma irmã mais velha que está ali para representá-las".

Por último, mas não menos importante, Rihanna também está se estabelecendo como um ícone feminista. Vítima de violência doméstica do ex-namorado, o também cantor Chris Brown, a cantora é conhecida por se vingar de homens abusivos em seus videoclipes. “As mulheres têm que usar lingerie para elas mesmas”, disse a cantora em entrevista à Vogue americana. “Eu espero ajudar as mulheres a se tornar mais fortes e confiantes com a minha lingerie. Eu quero que elas se sintam donas da própria beleza”.

Foto: Facebook Fenty Beauty