Gente

Português Felipe Oliveira Baptista assume comando criativo da Kenzo

O conglomerado francês de luxo LVMH confirmou a contratação do estilista português Felipe Oliveira Baptista para o cargo de diretor criativo da marca Kenzo. A notícia vem duas semanas depois da saída de Humberto Leon e Carol Kim, os quais dividiram o cargo durante oito anos.

Nascido no arquipélago de Açores, Baptista se formou na universidade de Kingston, em Londres, e começou sua carreira em Milão e Paris, trabalhando para a grife Christophe Lemaire. Em 2002, Baptista ganhou o prestigioso prêmio do Festival Internacional de Hyères, evento parceiro da LVMH. Um ano depois, fundou sua própria marca, a qual também ganhou diversos prêmios internacionais. Em 2010 ele assumiu também o cargo de diretor criativo da marca francesa Lacoste, função que deixou no ano passado, sendo substituído por Louise Trotter.

‘Estamos muito felizes por dar as boas-vindas a Felipe Oliveira Baptista no cargo de diretor criativo da Kenzo. Com sua visão artística moderna e inovadora, temos certeza de que ele vai levar a Kenzo a atingir seu potencial máximo sem deixar de respeitar a tradição da marca”, declarou a CEO da Kenzo, Sylvie Colin, em nota.

Sidney Toledano, CEO da LVMH, acrescentou no mesmo comunicado: “Estou muito satisfeito com esta contratação. O talento do Felipe como estilista, seu conhecimento sobre roupas e sua ligação com diversas culturas são características muito valiosas para o rejuvenescimento da energia criativa da maison"..

A grife foi fundada em 1970 pelo estilista japonês Kenzo Takada, radicado em Paris. Ele se aposentou no começo dos anos 2000. “O DNA da Kenzo é a liberdade e o movimento. Todas as criações do Sr. Takada eram repletas de alegria, elegância, jovialidade e um senso de humor ousado. Ele também celebrava a natureza e a diversidade cultural constantemente. Estes dois temas nunca foram tão relevantes e necessários quanto hoje e serão essenciais para o futuro da Kenzo”, declarou Baptista.

Foto: divulgação LVMH