Ronaldo Fraga diz que não vai comercializar peças com rosto de Marielle Franco

people

Ronaldo Fraga diz que não vai comercializar peças com rosto de Marielle Franco

people newsApril 29, 2019by Marjorie van Elven

A família de Marielle Franco, vereadora assassinada ano passado no Rio de Janeiro, ficou incomodada com o desfile de Ronaldo Fraga na última São Paulo Fashion Week. No desfile inspirado pelos painéis “Guerra” e “Paz” de Candido Portinari, o estilista usou uma ilustração do rosto de Marielle em um tênis e uma camisa. Na camisa, o rosto aparece alvejado por bordados vermelhos, numa alusão aos tiros levados pela vereadora. “Me incomodei com a imagem da minha irmã mais uma vez sendo exposta sem aviso prévio da família”, disse a irmã da vereadora, Anielle Franco, em seu Instagram. Nas redes sociais, muitos usuários criticaram o estilista por querer ganhar dinheiro às custas da tragédia.

Em sua página no Facebook, o estilista declarou que a intenção era homenagear a vereadora. “Se Portinari fosse pintar ‘Guerra’ e ‘Paz’ hoje, com certeza ele não iria ignorar o genocídio de negros e pobres neste país. E mais ainda: ele não iria ignorar o símbolo dessa luta, que é a Marielle Franco. Não tinha como não passar, não tinha como não falar. A moda pode falar de tudo. Ela pode falar do belo [...] ou ela pode também falar da vida real e eu sempre optei por esse caminho”, disse Fraga em um vídeo. O estilista esclareceu também que as peças com o rosto de Marielle Franco não serão comercializadas -- elas foram produzidas apenas para o desfile e serão presenteadas à família. “Aquele momento ali era um manifesto”, concluiu.

Foto: divulgação SPFW