• Home
  • Notícias
  • Varejo
  • Plié avança em projeto de expansão

Plié avança em projeto de expansão

By Marta De Divitiis

15 de out. de 2021

Varejo

Especializada em moda íntima, como uma marca de shapewear (lingerie de atributos) a Plié atua no mercado nacional e no exterior com um mix de produtos que contempla também o segmento fitness. Levando em consideração a inauguração da segunda loja em Campinas (SP) prevista para novembro, a marca conta com 15 lojas no Brasil, 4 delas franquias e está com um agressivo plano de expansão com o objetivo de ter mais 50 lojas em 2022, além de incrementar o e-commerce (que representou 12 por cento das vendas em 2021). O diretor da empresa, Ron Horovitz concedeu entrevista exclusiva ao FashionUnited contando mais a respeito.

FashionUnited - Como a Plié identificou a possibilidade de abrir franquias durante esse período de recessão econômica?

O momento de recessão também foi um momento que nos trouxe oportunidades, conseguimos negociações e pontos atrativos em shoppings que talvez, em outros momentos, não conseguiríamos. Hoje estamos posicionados nos principais shoppings das praças escolhidas, com negociações diferenciadas, condição que oferece à marca e aos nossos franqueados um melhor resultado operacional.

Foram investidos 2 milhões de reais para a reposição automática de estoque. Esse quesito melhorou a logística de entregas? Funciona também para o e-commerce?

Temos objetivos de crescimento bastante agressivos em nosso planejamento, e para atingi-los, é fundamental que tenhamos ganhos de produtividade em todos os nossos processos. A reposição automática é um dos elementos dessa cadeia, em que o ganho de eficiência tem se traduzido em uma maior agilidade e assertividade no abastecimento das lojas, inclusive no e-commerce, onde um menor índice de ruptura de estoque tem se revertido em uma melhor rentabilidade do nosso investimento.

Quando a Plié resolveu investir nessa nova modalidade de negócios?

A Plié existe há mais de 20 anos, uma marca consolidada, 100 por cento nacional com fabricação própria, atuamos em todos os continentes, multicanal de vendas em magazines e no digital com e-commerce próprio. Ao final de 2019 embarcamos com a primeira loja própria e foi um enorme sucesso de vendas e aceitação dos clientes. Por que não estruturarmos essa operação para franquias? E aqui estamos com 14 lojas entre próprias e franquias, sendo que em novembro iremos inaugurar mais uma unidade em Campinas, São Paulo.

Há possibilidade de abrir franquia da marca em cidades a partir de quantos mil habitantes?

No momento estamos focando nas principais capitais e depois seguiremos para cidades abaixo de 500 mil habitantes. Nosso foco está nas principais capitais e nos melhores shoppings, queremos estar presentes com lojas Plié em todo o Brasil, independente da região. Buscamos empreendedores de sucesso, interessados em crescer cada vez mais, organizados, dinâmicos e comprometidos na gestão da operação.

Vocês têm planos de abrir franquias em outros países?

Hoje nós já exportamos para 54 países, os produtos são muito bem aceitos em todo o mundo, então possivelmente teremos franquias no exterior também!

Como estão os projetos com foco em transformação digital?

Com o crescimento da presença física em todo território nacional, e como o principal foco é entregar uma experiência única para os clientes, acreditamos que isso só seja possível com muito investimento em tecnologia. Esses investimentos vão desde a contratação das melhores plataformas do mercado até o recrutamento de especialistas do setor. Atualmente, estamos trabalhando em uma grande reformulação da loja online, o que acreditamos que será um divisor de águas na jornada de compra dos clientes no próximo ano.

Qual foi o maior desafio da rede em tempos de pandemia? Qual lição a empresa tirou desse momento?

O maior desafio foi lidar com a parada da economia e a interferência no fluxo de caixa. E com isso vimos que foi essencial ter parceiros em todas as etapas da cadeia, que compreendessem a situação e viabilizar soluções para enfrentarmos juntos as adversidades.

Fotos: cortesia Plié