• Home
  • Notícias
  • Varejo
  • Varejo digital tem alta significativa durante a pandemia

Varejo

Varejo digital tem alta significativa durante a pandemia

By Marta De Divitiis

15 de jun. de 2020

Durante o isolamento social iniciado em março no Brasil enquanto os demais setores da economia têm sofrido decréscimo considerável o varejo digital tem aumentado bastante. Durante os três primeiros meses de isolamento social, de acordo com levantamento do Compre& Confie, agência de inteligência voltada para o e-commerce, houve um crescimento de 71 por cento, faturando 27,3 bilhões de reais, em relação ao mesmo período de 2019 (a análise foi do dia 24 de fevereiro a 24 de maio).

Entre os produtos mais vendidos os que suplantaram em volumes de vendas foram toalhas de banho e roupas de baixo infantis, além de pijamas. André Dias, diretor do Compre&Confie explica que o perfil de consumo sofreu uma mudança por conta dos pais trabalhando em home office e as crianças sem frequentar a escola. “Houve um crescimento expressivo dessas categorias: os dois primeiros itens respondem por aumento de 3.791 por cento e 6.922 percentuais e os pijamas tiveram um crescimento de 3.874 por cento em relação ao mesmo período, de fevereiro a maio de 2019,”disse o executivo.

De acordo com o estudo as compras foram concentradas em itens de valor menor, com um tíquete médio de 395,80 reais, número 6,1 por cento mais baixo que no mesmo período de 2019.

O Compre&Confie faz parte da E-Confy que pertence à CLSS Participações, holding multinacional. Especializada em inteligência de mercado, a agência monitora vendas reais de mais de 85 por cento do varejo digital brasileiro. Oferece uma metodologia de captura de dados de vendas online em tempo real.

Foto: Ian Dooley/Unsplash